O que recebi?

Índice de Artigos

Falando do projeto de Deus para mim e como entendo os dias de hoje dentro deste propósito.

16:05:242020-08-284:05:28 PM 08/28/2020

                         Quando deixei Curitiba para atender ao que havia recebido tinha em mente muitas coisa que me faziam ter a certeza que  as convicções que imaginavam poder ser só minhas, não eram, vinham de Deus dentro do mesmo propósito e assim sabia que era um novo projeto, não estava deixando toda a minha vida para trás por uma decisão minha ou pior, irresponsabilidade, mas sim eram dadas para que eu buscasse entender o porque era tão importante chegar as mudanças que Deus queria para o País.
Entre estas coisas, certo dia na estrada a caminho do Rio Grande do Sul, mais precisamente Porto Alegre, e bem provável, porque iria falar com um General, fui surpreendida com pensamentos que me pareceram estranhos, porém tinham uma grande verdade que eu só podia  afirmar mais uma vez ser o propósito de Deus.



                         Algumas pessoas imaginam que profeta não tem dúvidas, se enganam, é por isso que muita gente se diz profeta, profetisa e irresponsavelmente entregam coisas erradas, não é assim comigo, questiono, questiono tudo o que recebo e molho algodãozinho muitas vezes quando o que tenho para entregar irá mexer na vida de alguém.
Vamos ao pensamento:

                        Questionei, Deus ele é um General, eu tenho da minha formação que um militar e muito consciente e sempre toma decisões pautados na razão e dificilmente entenderão quando alguém lhes falar de Deus, eu vou dizer a ele que é um propósito de                          Deus, como vai receber isto?

                        Questões vieram a tona;-

                        Certa tarde em minha casa durante um café com minhas saudosas mãe e tia, a conversa beirou exatamente esta questão, minha tia disse-me “ Rocio, você tem um filho homem e que não gosta muito de estudar, papai (capitão Moura) sempre dizia que Hugo ( o tio) iria para o exército, só de lá eu terei de volta em casa um homem, o exército transforma meninos em homens.”
                       Esta conversa me veio a mente e claro lembrei do meu filho. Quando fez 17 anos, eu a mãe decidi que ele iria servir, assim o levei a Paranaguá para que se alistasse na Marinha, feito isto aguardamos o resultado, veio dispensado e é aqui que quero chegar.
                      Meu filho era neto de um militar, um comandante de tropas, um homem austero e que criou filhas mulheres e o filho homem dentro da dignidade que ele fazia questão em nossa família, mas então veio um pensamento que tentei até justificar depois, porém não consegui.

                      As forças armadas são responsáveis por boa parte do que está acontecendo hoje aos nossos jovens, eles dispensam a maioria dos garotos e tiram deles a oportunidade do aprendizado, meu filho tem outras aptidões que não são relacionadas com as escritas, ou estudos propriamente ditos, mas teria se colocado com muito esforço na Marinha, ama o mar e até vive em uma cidade litorânea, com um  primo que também não era muito bom aluno, não queria estudar, também foi proposto que se alistasse, era a opção que as mães aguardavam para que seus filhos ainda tivessem uma oportunidade, neste caso  se tornou um mecânico de aviões pela Aeronáutica, concordam comigo que estou certa, o exército mudou um conceito de treinamento de homens não só para o uso nas armas, mas eram formadores de grandes profissionais, as disciplinas o rigor do ensinamento que era aplicado realmente tornava-os melhores que aqueles que nunca passaram por eles. Então fechei meu pensamento com esta afirmação, as Forças Armadas são de muita relevância para formar meninos.

                      Quando cheguei a Brasília e fui ao Quartel General fiquei triste e conclui o que havia pensado naquele dia, hoje estão lá prestando serviços, várias empresas, do jardineiro a atendente do balcão, não existe mais o zelo, não sabem como tratar as pessoas e para você ter contato com um militar e uma via sacra, isso aconteceu comigo, muitas visitas ao QG para conseguir uma entrevista. Em Curitiba tinha acesso por ser neta de um herói de guerra, mas aqui eu nada tinha a ver com o exército, então peça socorro como puder. E olhem o nojo, só entra lá se tiver uma indicação, o que agradeço a uma amiga, não citarei o nome, mas aqui deixo um beijo em agradecimento.

                      Mais algumas semanas de Brasília e eu me encantei com o STF, queria uma vaga para trabalhar, não sou juíza, sou uma auditora, minha questão são números assim  queria o setor de cálculos de processos. Aquele que todo mundo se recusa a trabalhar, mas a decepção veio muito rápido, fui procurar, mas descobri que aí também se não tivesse alguém para me indicar, concurso não há, se apresentar para uma vaga e deixar curriculum... A moça me disse:-

                      “ a Senhora vem indicada por quem?”

                      - Como assim, por que indicada?

                      “ aqui só com indicação política.”

                      Pasmem, realmente quem paga a conta do País não tem direito nem a um concurso público se não tiver uma indicação.

                      Não dependo exatamente de um emprego, mas sou o tipo de pessoa que sempre busca por oportunidades e uma vez em Brasília queria a minha.

                      Vocês devem imaginar que eu estou reclamando, não estou expondo a real situação do País, até para o exercito e nos dias de hoje com o Governo Bolsonaro se não tiver indicação até no exercito será dispensado, o que me faz ponderar a respeito de quais são as mudanças que estão fazendo.

                      Ontem assisti a uma entrevista do General e ao final dela eu diria três coisas a ele, não adianta Reforma Fiscal com Sindicatos desleais, descobri que estou aguardando uma ação a seis anos e ela não está no Supremo como informado,  não adianta Reforma Fiscal se não mexer com o atravessador, Reforma Fiscal não aliviará o financeiro do Governo se não fizerem a Reforma Administrativa. Já estão no segundo ano de Governo e nada mudou.

                      O quadro funcional do Governo supriria 20 Países como o nosso, tem tantos funcionários que é preciso uma sede e 3 ou 4 anexos para comportar todo mundo. Funcionários com cargos de grande relevância, pessoas que veem a Brasília uma vez ao mês, cargos de confiança de cada um dos deputados, cargos de confiança de cada um dos Senadores e o que fez o novo Governo, elegeu seus cargos de confiança sem alterar os que eram da confiança dos Ex. Presidentes.

                      Assim concluo que desde o término do Regime Militar, o que eu particularmente entendo como o melhor para nós hoje, tudo que se fez foi tornar as Forças Armadas, mais um Órgão inchado de empresas que não justificam sua presença, e que todos os Governos de lá até os dias de hoje foram deixando suas crias para trás para que o povo os sustente.

                      Agora quero falar do que eu vim fazer.

                      O propósito de Deus para a minha vida está ligado diretamente ao povo, o Projeto que me foi dado, vai contra esta distribuição indiscriminada de dinheiro em função da pandemia.

                     Não estou dizendo que pessoas não precisam dele, mas sim que muitas destas pessoas se sentem mal em receber este auxilio, preferiam uma oportunidade de ter o seu ganho dignamente e até se sentiriam muito bem em poder ajudar os que realmente precisam.

                     Assim como a falta das Forças Armadas na formação dos nossos jovens, também os programas de auxilio do Governo querem continuar distribuindo dinheiro com intenções eleitoreiras, cabresto, conhecemos bem isto, e deixam para trás aqueles que pensam, que querem colheitas, que não se sentem bem com esmolas de um Governo que não tem programas porque isto seria trabalhoso.

                     Vocês devem estar imaginando por que falo assim, tenho os propósitos para as 12 pessoas, estou entre elas e o Projeto que recebi deveria ser a prioridade do Governo, até ofertei a primeira dama, mas também não me recebeu, tentei mostrar a algumas igrejas que Deus as quer envolvidas, mas não da maneira que estão fazendo.

                     Fiquei aqui, como dizem a espreita de que as coisas pudessem se encaminhar e assim eu poderia passar a todos qual e o propósito de Deus, mas até este momento, fico só com os meus planos todos prontos para executar.

                     A dois meses Deus me disse para usar o mesmo veículo do Governo, deduzi a mídia, disse para terminar o que vim fazer, assim acredito que ELE esta me mandando agir, volte ao seu propósito, o que é seu ninguém poderá tirar.

                     Estou trabalhando, muito, madrugadas a dentro para por todos os planos em andamento, esta página é o veículo e em breve terão a oportunidade de saber quantas coisas foram determinadas e não estão sendo cumpridas.

                     A minha parte está em execução e no momento oportuno vocês verão que não estou aqui por nada e que fui deixada de lado para que pudessem distorcer o que Deus entregou.

 

Maria do Rocio
Cai  fora a partir daqui o termo profeta chorona.
O Senhor disse, chega de choro, já entreguei o que veio buscar, e não tema, e no meu tempo.

Deus me mandou voltar, o texto está incompleto, não seja condescendente, e para falar, precisam ouvir.

Botão de pagamento

 

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Busca no site

ROCIO

Escolha o idioma

Visitantes online

Temos 15 visitantes e Nenhum membro online

Estatísticas

Ver quantos acessos teve os artigos
5983

© 2020 VOCE É O MELHOR DE DEUS

Implantado por Emerson Sites e Sistemas